As Ciências Humanas aplicadas no Colégio Stocco



O estudo do ser humano no tempo e no espaço é a premissa das ciências humanas. O homem é um ser histórico e cultural, e com seu trabalho é capaz de modificar a natureza de acordo com suas necessidades e desejos, relacionando-se com ela e com seus semelhantes. Essas relações promovem mudanças espaciais, sociais, econômicas, políticas e culturais aptas a humanizar ou desumanizar a nossa espécie.

Nesse sentido, aprender História, Geografia, Filosofia, Antropologia e Sociologia possibilita as transformações necessárias para uma sociedade igualitária. Em outras palavras, sua função transcende o ensino de conceitos e conteúdos e deve colaborar para formar pessoas capazes de impactar a sua comunidade, por meio de uma postura ética e civilizada.

Esse movimento inicia-se no Colégio Stocco desde a Educação Infantil e amplia-se no Ensino Fundamental II, quando o adolescente já tem a capacidade de reflexão e abstração sobre si mesmo e os acontecimentos sociais.

Como ensinamos Ciências Humanas no Stocco?

Nossos Stoqueiros são estimulados a reconhecer a relação existente entre o fato, os agentes históricos e o tempo. E também a compreender as motivações e as consequências das ações dos indivíduos, a partir da leitura de notícias, livros, artigos, vídeos, documentos, obras de arte, vivências em estudos do meio, debates, seminários entre outras estratégias de ensino, para entender que a interpretação de um contexto pode assumir faces distintas.

Quais atividades relacionadas à Ciências Humanas o estudante desenvolve no Stocco?

Desenvolvemos diversas atividades relacionadas às diferentes competências: o Projeto Brumadinho, com a simulação da barragem no espaço Maker; Debate: “O que a Revolução Francesa tem a ver com você?”; Palestras com diversos  profissionais, como o geógrafo e professor Ricardo Alvarez, a deputada federal Tabata Amaral e o diretor e ator Paulo Betti, além da criação de jogos, com o recurso da gamificação, para aprender sobre o contexto geopolítico da América.

O processo de ensino e aprendizagem é desenvolvido por meio da mediação do conhecimento, efetivada de maneira intencional pelo professor, com o objetivo primordial de favorecer o protagonismo do estudante nesse percurso, a fim de formar cidadãos com pensamento crítico e autônomos.

Colégio Stocco: uma escuta atenta que une de maneira afetiva a escola, os estudantes e as famílias



No Colégio Stocco, que tem como compromisso formar pessoas para enfrentar os desafios do século XXI, desenvolvendo-as nos âmbitos intelectual, físico, social e afetivo, a Orientação Educacional realiza orientação personalizada do 3º ao 9º ano do Ensino Fundamental.

Em um trabalho conjunto à direção e à coordenação pedagógica, essa profissional compõe a equipe gestora, sendo engajada na formação integral dos estudantes, com foco na relação entre educandos, famílias e docentes. A ação da Orientação Educacional está centrada no atendimento às crianças e adolescentes, fundamentalmente, e no auxílio aos responsáveis e professores, que atuam como parceiros à promoção de diversas habilidades e competências.

O contato da gestora com nossos Stoqueiros é frequente tanto em sala de aula quanto fora dela. O foco dessa interação é a formação da identidade deles, com o objetivo de torná-los cada vez mais responsáveis pelo próprio processo de aprendizagem e para que avancem na construção de atitudes para uma boa convivência em grupo.

Em relação aos pais, a sinergia torna-se um elo com a escola, mantendo comunicação constante, respeitando suas concepções e, oferecendo estratégias que favoreçam a evolução dos jovens e crianças, a fim de que compreendam os princípios subjacentes à tarefa educativa.

O principal objetivo desse trabalho é que nossos Stoqueiros reconheçam qual sentido atribuem ao estudo na dinâmica da sua própria aprendizagem. Aproximá-los da ideia de que o tempo e o espaço da aprendizagem não são somente o tempo e espaço da escola, promovendo reflexões a partir dos temas: planejamento, gestão do tempo, autoavaliação, tomada de decisão e organização. 

A formação almejada para os meninos e as meninas requer uma postura humilde (que reconhece o desafio e sai em busca de instrumentos para vencê-lo), responsável (aquele que assume o papel de buscar o que se deseja conhecer), reflexiva (relaciona conhecimentos anteriores, analisa as informações, revisita o caminho percorrido etc.) e curiosa (que lança perguntas e que se inquieta).