PROJETO PEDAGÓGICO

Projetos especiais

O Stocco oferece projetos pedagógicos extras para complementar a formação dos estudantes.

Rotinas operacionais

Saiba os horários de cada período das três unidades do Colégio Stocco.

Currículo e metodologia

O projeto de ensino do Stocco coloca o aluno em contato com todas as áreas do conhecimento, de diferentes formas.

CURRÍCULO E METODOLOGIA

MATRIZ CURRICULAR
A fim de oferecer ao corpo discente do Stocco um currículo que o aproxime de forma consistente e aprofundada de todas as áreas do conhecimento humano na fase de desenvolvimento compreendida entre o Infantil 1 e o 9º ano do Ensino Fundamental e, ao mesmo tempo, dê conta da realidade das conjunturas mundial, nacional e regional indistintamente, oferecemos um contato pedagógico que permite tanto seu pleno desenvolvimento humano como a construção de sólidas bases de conteúdo, necessárias ao enfrentamento das complexidades que farão parte da sua inserção em níveis de estudo mais avançados.

CONTEÚDOS DA EDUCAÇÃO INFANTIL
Interações e brincadeiras são nossos eixos norteadores na Educação Infantil, pois elas promovem o desenvolvimento integral das crianças de várias maneiras: ampliando experiências sensoriais e corporais a partir do desenvolvimento de formas de expressão gestual, verbal e musical; aumentando a confiança por meio da participação em atividades coletivas; promovendo autonomia com relação ao cuidado pessoal, organização, saúde e bem-estar; e estimulando a curiosidade, a exploração, o encantamento e o questionamento do mundo natural e social.

Objetos de conhecimento: Movimento, Linguagem Oral e Escrita, Natureza e Sociedade, Matemática e Arte.

Parte diversificada: Musicalização, Língua Inglesa, Formação de Atitudes, Natação.

MATRIZ CURRICULAR DO ENSINO FUNDAMENTAL
Base Comum Nacional – abrange os seguintes componentes curriculares: Língua Portuguesa, Matemática, Ciências (Conhecimento do Mundo Físico e Natural e Educação Ambiental), História (do Brasil, da África e dos Africanos, da Cultura e das Etnias), Geografia, Arte e Educação Física.

Parte diversificada – Línguas: do ao ano: Inglês; a partir do ano: Espanhol; do ao ano: Musicalização; no ano: Educação Financeira e Orientação de Estudos; no e no 9º ano: Desenho Geométrico; no ano: Filosofia; do ao ano: Educação Tecnológica.

Transversalidade – Ética, Meio Ambiente, Pluralidade Cultural, Saúde e Orientação Sexual.

PROCESSO AVALIATIVO
Para o Stocco, a avaliação deve ser sempre formativa, sendo ela parte reflexiva e integrante do processo de aprendizagem, que por sua vez visa, acima de tudo, ajudar o estudante a aprender melhor. Sua concretização se dá por meio de avaliação somativa, que se utiliza de instrumentos formais, como provas escritas, elaboração de projetos, apresentação de seminários, exposição de pesquisas e trabalhos em grupo. A avaliação é centrada no estudante, e não somente nos resultados e em sua performance.

Todo o processo visa priorizar os aspectos qualitativos sobre os quantitativos. A cada fechamento de ciclo, é realizado um Conselho de Classe para corrigir possíveis distorções. Sua regulamentação está descrita no Regimento Escolar e no Plano Escolar Anual.

Na Educação Infantil e no 1º ano do Ensino Fundamental, são analisados bimestralmente os registros que fundamentam os avanços do estudante.

Do 2º ao 9º ano do Ensino Fundamental, esse ciclo é trimestral e composto de três instâncias:

  1. Atividades avaliativas O foco desta instância é a diversificação dos instrumentos de avaliação. Planejada pelo professor, seu formato abrange estratégias variadas de acordo com o tema a ser explorado, como trabalhos de pesquisa, apresentação de seminários, debates orais e atividades em grupo. Peso 1.
  1. Produtividade  Esta instância objetiva o engajamento dos estudantes nas atividades propostas em classe. Recebem especial destaque as tarefas de casa, que acreditamos terem função essencial na aprendizagem. Peso 1.
  1. Provas – Espaço para avaliação formal realizada por meio de provas escritas, chamadas de Provas Parciais, que ocorrem de uma a duas vezes por ciclo. Além desses exames, os estudantes do 5º ano realizam uma prova objetiva de múltipla escolha que envolve todos os componentes curriculares, a Verificação Integrada. Peso 3, por tratar-se da avaliação integral.

No Fundamental I e II, o rendimento escolar mínimo exigido é de 6 pontos em cada um dos componentes curriculares. Outra exigência para o prosseguimento dos estudos é a assiduidade: o estudante deve comparecer a pelo menos 75% das aulas.

Como dito anteriormente, a avaliação tem como objetivo melhorar o rendimento dos estudantes, bem como conferir-lhes promoção ao ano seguinte ou conclusão de curso. As notas variam de 0 (zero) a 10 (dez) pontos.

MÉDIAS
A chamada média trimestral corresponde à síntese das três instâncias de avaliação descritas. São três os trimestres letivos, e cada estudante recebe em sua média uma ponderação para cálculo da média anual. Caso ela esteja abaixo da exigida para aprovação (6 pontos inteiros), o estudante terá de passar pela recuperação contínua, que se dá através de aulas de apoio, estudos dirigidos e diversificação de estratégias pedagógicas. Findo o processo, é aplicada uma Prova de Recuperação Contínua por componente curricular. As notas serão integradas à média trimestral desde que sejam superiores às obtidas no conjunto das Provas Parciais e Verificação Integrada. Enfim, a média anual é auferida da média ponderada dos três trimestres: a do primeiro terá peso 1, a do segundo peso 2 e a do terceiro peso 3.